Confraria do Atlético

Seguimos na caminhada pra ser campeão estadual invicto e temos o Edershow. Dá-lhe, Furacão!

E-mail Imprimir PDF

O Atlético derrotou o Prudentópolis por 2 a 1, no estádio Newton Agibert, e segue com 100% de aproveitamento. O grande nome da vitória rubro-negra foi o atacante Éderson que marcou os dois gols e ainda assumiu a vice-artilharia do Campeonato Paranaense. Outro destaque foi o jovem goleiro Caio. Já nos acréscimos do segundo tempo, o experiente Pierre cometeu pênalti e o Prudentópolis teve a chance de empatar a partida. Porém, o lateral-direito Nei parou no camisa 1 do Furacão que defendeu sem dar rebote.

Atlético abre o placar no início da partida

Satisfeito com a atuação da equipe na última rodada, o técnico Tiago Nunes repetiu a mesma escalação com Matheus Anjos no meio-campo e Marcinho no ataque. O entrosamento rapidamente surtiu efeito e o Furacão abriu o placar com apenas dois minutos. João Pedro aproveitou erro na saída de bola e toca para Éderson que chutou na saída do goleiro para o fundo das redes. O gol deu maior tranquilidade para o Atlético que teve a chance de ampliar, mas o chute de Ederson foi pela linha de fundo. Aos 26 minutos, o Prudentópolis quase empatou e ainda reclamou da arbitragem. Nei invadiu a área e foi derrubado dentro da área. A bola sobrou para Mateus que obrigou o goleiro Caio a fazer grande defesa. Os jogadores do time da casa reclamaram de pênalti.]

Atlético sofre o empate, mas marca o gol da vitória

O Prudentópolis rapidamente reagiu após o intervalo e marcou o gol de empate com menos de um minuto. Nei cruzou a bola na área e Lucas Machado, livre de marcação, deixou tudo igual. O gol animou a torcida da casa e também os jogadores e a virada quase saiu na sequência. Porém, a bola passou muito perto da trave. No momento em que o Prudentópolis ainda estava empolgado, o Atlético marcou o gol para ficar a frente do placar novamente. Matheus Anjos cobrou a falta para o meio da área e Éderson, o artilheiro da noite, desviou de cabeça para o fundo das redes.

 

Após o segundo gol, o Rubro-Negro administrou a partida com muita tranquilidade e ainda teve a chance de ampliar a vantagem. Aos 31, João Pedro fez bela jogada pela direita, driblou o goleiro Adílson e tocou para Bruno Guimarães. O volante chutou sem direção e perdeu a chance de marcar o terceiro. Nos acréscimos, o Atlético correu riscos de perder dois pontos. Pierre derrubou Lucas Machado dentro da área e o árbitro marcou a penalidade máxima. Na cobrança, o experiente Nei chutou no canto e o goleiro Caio garantiu os três pontos.

FICHA TÉCNICA
PRUDENTÓPOLIS 1X2 ATLÉTICO
Local: Estádio Newton Agibert, em Prudentópolis (PR).
Data: Quarta-feira, 07 de março de 2018.
Horário: 20h.
Árbitro: Rogério Menon da Silva (PR).
Assistentes: João Fábio Machado Brischiliari (PR) e Diogo Morais (PR)
Prudentópolis: Adílson; João Paulo, Salazar (Pablo) e Alan Machado; Nei, Levy (Robinho), Gil (Renan Macedo), Welton e Edu Pina; Lucas Machado e Mateus.
Técnico: Júlio Sérgio.
Atlético: Caio; Diego, Daniel, Léo Pereira e Nicolas; Deivid, Bruno Guimarães (Pierre) e Matheus Anjos; João Pedro, Marcinho (Felipe Dorta) e Éderson (Alex Sandro).
Técnico: Tiago Nunes.
Cartões amarelos: Deivid (CAP); João Paulo (PRU).
Gols: Éderson (CAP), aos 2′ do primeiro tempo e aos 5′ do segundo tempo, e Lucas Machado, aos 58′ segundos do segundo tempo.


Última atualização ( Qui, 08 de Março de 2018 08:40 )  

Santuário da Nação Rubro-Negra

Please wait while JT SlideShow is loading images...
Photo Title 1Photo Title 2Photo Title 3Photo Title 4Photo Title 5

Projeto de Lei de Iniciativa Popular “Libera Cerveja”



DISPÕE SOBRE A VENDA E O CONSUMO DE BEBIDAS NAS ARENAS DESPORTIVAS E ESTÁDIOS NO ÂMBITO DO ESTADO DO PARANÁ.

Art. 1º – Este projeto de lei tem por objetivo regular a venda e o consumo de bebidas nas arenas desportivas e estádios no âmbito do estado do Paraná.

Art. 2º – A comercialização de bebidas nas arenas desportivas e nos estádios localizados no Estado do Paraná será permitida desde a abertura dos portões para acesso do público ao estádio até o final da partida, assim entendido o momento do apito final do árbitro.

Art. 3º – A única bebida alcoólica que poderá ser vendida e consumida em recintos esportivos é a cerveja, sendo proibida a venda e o consumo de quaisquer outras espécies de bebidas alcoólicas, sejam elas destiladas ou fermentadas.

Art. 4º – A comercialização de bebidas nas arenas desportivas e nos estádios somente poderá ser realizada em copos plásticos ou garrafas plásticas, descartáveis, admitido o uso de copos promocionais de plástico ou de papel.

Art. 5º – Cabe ao responsável pela gestão do recinto esportivo definir os locais nos quais a comercialização e o consumo de bebidas serão permitidos.

Art. 6º – É vedada a entrada nas arenas desportivas e nos estádios de pessoas portando qualquer tipo de bebida.

Art. 7º – Fica proibida a venda e a entrega de bebidas alcoólicas, nos locais referidos nesta lei, a pessoas menores de 18 (dezoito), podendo os responsáveis responder civil e criminalmente nos termos da Lei Federal no 8.069, de 13 de julho de 1990, com as alterações da Lei Federal nº 13.106, de 17 de março de 2015.

Art. 8º – O descumprimento do disposto nesta Lei sujeita o infrator às seguintes penalidades, sem prejuízo da aplicação da Lei Federal nº 8.078, de 11 de setembro de 1990:

I – se consumidor, será advertido e retirado das dependências do recinto esportivo.

Art. 9º – Deverão ser colocados avisos em diversos setores das arenas desportivas ou estádios, com as seguintes mensagens: “Se beber não dirija, se dirigir não beba” e “É proibida a venda de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos.”

Art. 10º – As arenas desportivas ou estádios deverão veicular em sistema sonoro ou alto-falante, no mínimo 04 (quatro) vezes durante cada evento, as mensagens “Se beber não dirija, se dirigir não beba” e “ É proibida a venda de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos.”
Parágrafo único: Fica igualmente obrigada a divulgação das mensagens referidas no caput em telões ou letreiros luminosos nos recintos esportivos que disponham de tais recursos.

Art. 11º – Esta lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Confracap é participação

Twitter & facebook

twitter

Facebook

Galeria Torcedor (a)