Confraria do Atlético

Preparativos do Atlético Paranaense para temporada entusiasmam CAT do Caju e "levam torcida à euforia"

E-mail Imprimir PDF

Competência da diretoria rubro-negra garante a manutenção do time titular que conquistou vaga para a libertadores e reforços criam expectativa de melhor fase dos últimos anos.

Weverton; Léo, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Lucho González, Pablo, Nikão; Felipe Gedoz (Luis Henrique) e Grafite. Esta é uma formação pra disputar o título de todas as competições das quais o Furacão participar. Além do plantel, continuidade da comissão técnica "top no Brasil" causa inveja à vários clubes país afora.

Dia 1º de fevereiro/17, reencontro da torcida com o time em jogo oficial no estádio Atlético Paranaense, diante do Milionários, ganhará contornos de decisão. Caldeirão lotado e construção de resultado para assegurar sequência na Libertadores. Ainda em fevereiro, precisamente no dia 19, clássico estadual recebendo em nossa casa o Coritiba é outro embate que vai sacudir a torcida rubro-negra. Assim, largaremos a todo vapor para buscar a consagração de nossa equipe com resultados dignos de campeão.

Confiança do Presidente Sallim

O presidente do Atlético, Luiz Sallim Emed, exalta a manutenção da base e a contratação de reforços como diferenciais para a temporada de 2017. Ele, inclusive, vê o time em vantagem para o duelo com o Millonarios pela segunda fase da Libertadores,na Arena da Baixada.

- É jogo de mata-mata e tudo pode acontecer. Tanto nós quanto o Millonarios, ninguém vai ter tempo para uma formação melhor. Mas penso que o Atlético sai em vantagem por ter uma equipe montada, com uma disposição tática e um modelo de jogo já definidos. Por isso, a expectativa muito grande para a Libertadores. É uma competição difícil, mas nossa proposta era de que, em cada campeonato, disputaríamos os primeiros lugares. Nossa expectativa é essa - falou o mandatário rubro-negro.

O Atlético, que costumava apostar em jogadores menos badalados, tem contratado reforços mais conhecidos, como o lateral-direito Jonathan e o atacante Grafite. Além disso, o clube manteve a maioria dos titulares de 2016, como o goleiro Weverton, os zagueiros Paulo André e Thiago Heleno, o volante Otávio, o meia-atacante Nikão e o atacante Pablo.

- Penso que isso, em 2017, tem se repetido, assim como em 2016. Em dezembro de 2015, conseguimos iniciar e, em 2016, completar uma formação de elenco. Agora, começamos em 2016 e estamos completando agora em 2017. Penso que nós estamos fazendo uma proposta que já havíamos dito na época da campanha, mantendo uma base, investindo na formação e conseguindo montar uma equipe qualificada e trazendo reforços para qualificar o elenco. Isso é resultado da política que o Petraglia vinha implantando lá atrás. A partir de 2016 e 2017, conseguimos investir no futebol sem loucuras porque a infraestrutura exige menos investimentos.

Com a base mantida e os reforços contratados, o presidente Luiz Sallim Emed mostra otimismo para a temporada. Ele garante que o Furacão vai entrar para disputar o título em todas as competições. Além da Libertadores, o time também disputará o Campeonato Paranaense, a Copa do Brasil (a partir das oitavas de final) e o Campeonato Brasileiro.

- É melhor dizer que sempre vamos estar competindo pelos primeiros lugares por uma série de fatores. Com mais organização, mais entrosamento e com a liderança do Paulo Autuori, nós temos a chance de sermos campeões. Não dá para cravar que todo ano vamos conseguir, mas temos infraestrutura, qualificamos o elenco e, a partir daí, as chances são maiores. É um círculo virtuoso. Com mais recursos, montamos um elenco qualificado, conquistamos a confiança da torcida, temos mais sócios. Vai crescendo e conquistando várias vitórias - concluiu o presidente.

Informe do site oficial

A manhã deste domingo (15) foi de muito trabalho para o Atlético Paranaense. O Furacão deu sequência à pré-temporada e treinou com bola no período da manhã, no CAT Alfredo Gottardi. O expediente de hoje (15) teve início por volta das 9h. Depois do aquecimento, os jogadores fizeram uma atividade de passe e finalização.

O treinamento desta manhã também contou com jogos em campo reduzido. Os trabalhos se estenderam até às 11h. Depois das atividades, os atletas foram liberados. O elenco do Rubro-Negro se reapresenta na manhã desta segunda-feira (16), no CAT, para a sequência dos preparativos.

Neste ano, o Furacão entra em campo para disputar a Copa Libertadores, o Campeonato Brasileiro, a Copa do Brasil e o Campeonato Paranaense. O primeiro compromisso é contra o Rio Branco, pelo Estadual. A partida está marcada para o dia 29 de janeiro [domingo], às 17h, no Estádio Gigante do Itiberê, em Paranaguá.

Última atualização ( Dom, 15 de Janeiro de 2017 13:09 )  

Santuário da Nação Rubro-Negra

Please wait while JT SlideShow is loading images...
Photo Title 1Photo Title 2Photo Title 3Photo Title 4Photo Title 5

Projeto de Lei de Iniciativa Popular “Libera Cerveja”



DISPÕE SOBRE A VENDA E O CONSUMO DE BEBIDAS NAS ARENAS DESPORTIVAS E ESTÁDIOS NO ÂMBITO DO ESTADO DO PARANÁ.

Art. 1º – Este projeto de lei tem por objetivo regular a venda e o consumo de bebidas nas arenas desportivas e estádios no âmbito do estado do Paraná.

Art. 2º – A comercialização de bebidas nas arenas desportivas e nos estádios localizados no Estado do Paraná será permitida desde a abertura dos portões para acesso do público ao estádio até o final da partida, assim entendido o momento do apito final do árbitro.

Art. 3º – A única bebida alcoólica que poderá ser vendida e consumida em recintos esportivos é a cerveja, sendo proibida a venda e o consumo de quaisquer outras espécies de bebidas alcoólicas, sejam elas destiladas ou fermentadas.

Art. 4º – A comercialização de bebidas nas arenas desportivas e nos estádios somente poderá ser realizada em copos plásticos ou garrafas plásticas, descartáveis, admitido o uso de copos promocionais de plástico ou de papel.

Art. 5º – Cabe ao responsável pela gestão do recinto esportivo definir os locais nos quais a comercialização e o consumo de bebidas serão permitidos.

Art. 6º – É vedada a entrada nas arenas desportivas e nos estádios de pessoas portando qualquer tipo de bebida.

Art. 7º – Fica proibida a venda e a entrega de bebidas alcoólicas, nos locais referidos nesta lei, a pessoas menores de 18 (dezoito), podendo os responsáveis responder civil e criminalmente nos termos da Lei Federal no 8.069, de 13 de julho de 1990, com as alterações da Lei Federal nº 13.106, de 17 de março de 2015.

Art. 8º – O descumprimento do disposto nesta Lei sujeita o infrator às seguintes penalidades, sem prejuízo da aplicação da Lei Federal nº 8.078, de 11 de setembro de 1990:

I – se consumidor, será advertido e retirado das dependências do recinto esportivo.

Art. 9º – Deverão ser colocados avisos em diversos setores das arenas desportivas ou estádios, com as seguintes mensagens: “Se beber não dirija, se dirigir não beba” e “É proibida a venda de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos.”

Art. 10º – As arenas desportivas ou estádios deverão veicular em sistema sonoro ou alto-falante, no mínimo 04 (quatro) vezes durante cada evento, as mensagens “Se beber não dirija, se dirigir não beba” e “ É proibida a venda de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos.”
Parágrafo único: Fica igualmente obrigada a divulgação das mensagens referidas no caput em telões ou letreiros luminosos nos recintos esportivos que disponham de tais recursos.

Art. 11º – Esta lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Confracap é participação

Twitter & facebook

twitter

Facebook

Galeria Torcedor (a)