Confraria do Atlético

Atleticanos todos juntos pela vaga na Libertadores; Furacão é destaque na mídia esportiva nacional

E-mail Imprimir PDF

Comunidade rubro-negra paranaense se mobiliza por casa cheia no estádio Atlético Paranaense para embate decisivo diante do Sport Recife.

Foi uma semana de intensa participação com todas as lideranças do Furacão empenhadas na chamada geral pro jogo. Vitória e permanência no G6 do Campeonato Brasileiro é objetivo de todos. Jornada pela conquista de vaga na Libertadores vem empolgando o povão atleticano. Dá-lhe!

ESPN

Atlético recebe o Sport pra se consolidar na luta pelo G-6 - Em busca de mais um passo rumo à Libertadores da América, o Atlético Paranaense recebe neste domingo, às 17 horas (de Brasília), o Sport, na Arena da Baixada. O Furacão depende apenas de suas forças para seguir no G6 mas, para isso, não pode tropeçar em casa, onde tem um ótimo aproveitamento na competição.

Para montar o time, o técnico Paulo Autuori não terá desfalques em relação ao empate diante do Fluminense, no Maracanã. Pelo contrário, ganhar ao reforço do goleiro Weverton, que volta ao time após servir à seleção brasileira. A atuação no Rio de Janeiro agradou o treinador rubro-negro, que sinalizou que não deve fazer outras mudanças na equipe.

"Fomos bem no último (jogo), não tem motivo para mudar", afirmou o comandante atleticano, convocado o torcedor a lotar o estádio e, junto com o time, criar um clima propício para buscar a vitória. "Espero que a gente crie uma atmosfera com time e torcida, faça um espetáculo na Arena", acrescentou.

 

Pelo Sport, a luta contra a zona de rebaixamento ainda está muito viva e, por isso, somar pelo menos um ponto fora de casa pode fazer toda diferença em uma briga bastante equilibrada na parte de baixo da classificação. Para isso, o técnico Daniel Paulista terá o retorno os do volante Paulo Roberto, do lateral-direito Apodi e do atacante Rodney Wallace. Em compensação, o volante Neto Moura e o atacante Ruiz cumprem suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO X SPORT
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 20 de novembro de 2016, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa-PA
)Assistentes: Marcio Gleidson Correia Dias (Asp.Fifa) e Helton Nunes (Asp.Fifa- SC)


ATLÉTICO: Weverton; Léo, Paulo André, Thiago Heleno e Nicolas; Otávio e Hernani; Lucas Fernandes, Lucho González e Pablo; André Lima.
Técnico: Paulo Autuori

SPORT: Magrão; Samuel Xavier (Apodi), Mateus Ferraz, Ronaldo Alves e Renê; Rithely, Paulo Roberto, Diego Souza e Ewerton Felipe; Rogério e Rodney Wallace
Técnico: Daniel Paulista

Última atualização ( Dom, 20 de Novembro de 2016 11:14 )  

Santuário da Nação Rubro-Negra

Please wait while JT SlideShow is loading images...
Photo Title 1Photo Title 2Photo Title 3Photo Title 4Photo Title 5

Projeto de Lei de Iniciativa Popular “Libera Cerveja”



DISPÕE SOBRE A VENDA E O CONSUMO DE BEBIDAS NAS ARENAS DESPORTIVAS E ESTÁDIOS NO ÂMBITO DO ESTADO DO PARANÁ.

Art. 1º – Este projeto de lei tem por objetivo regular a venda e o consumo de bebidas nas arenas desportivas e estádios no âmbito do estado do Paraná.

Art. 2º – A comercialização de bebidas nas arenas desportivas e nos estádios localizados no Estado do Paraná será permitida desde a abertura dos portões para acesso do público ao estádio até o final da partida, assim entendido o momento do apito final do árbitro.

Art. 3º – A única bebida alcoólica que poderá ser vendida e consumida em recintos esportivos é a cerveja, sendo proibida a venda e o consumo de quaisquer outras espécies de bebidas alcoólicas, sejam elas destiladas ou fermentadas.

Art. 4º – A comercialização de bebidas nas arenas desportivas e nos estádios somente poderá ser realizada em copos plásticos ou garrafas plásticas, descartáveis, admitido o uso de copos promocionais de plástico ou de papel.

Art. 5º – Cabe ao responsável pela gestão do recinto esportivo definir os locais nos quais a comercialização e o consumo de bebidas serão permitidos.

Art. 6º – É vedada a entrada nas arenas desportivas e nos estádios de pessoas portando qualquer tipo de bebida.

Art. 7º – Fica proibida a venda e a entrega de bebidas alcoólicas, nos locais referidos nesta lei, a pessoas menores de 18 (dezoito), podendo os responsáveis responder civil e criminalmente nos termos da Lei Federal no 8.069, de 13 de julho de 1990, com as alterações da Lei Federal nº 13.106, de 17 de março de 2015.

Art. 8º – O descumprimento do disposto nesta Lei sujeita o infrator às seguintes penalidades, sem prejuízo da aplicação da Lei Federal nº 8.078, de 11 de setembro de 1990:

I – se consumidor, será advertido e retirado das dependências do recinto esportivo.

Art. 9º – Deverão ser colocados avisos em diversos setores das arenas desportivas ou estádios, com as seguintes mensagens: “Se beber não dirija, se dirigir não beba” e “É proibida a venda de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos.”

Art. 10º – As arenas desportivas ou estádios deverão veicular em sistema sonoro ou alto-falante, no mínimo 04 (quatro) vezes durante cada evento, as mensagens “Se beber não dirija, se dirigir não beba” e “ É proibida a venda de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos.”
Parágrafo único: Fica igualmente obrigada a divulgação das mensagens referidas no caput em telões ou letreiros luminosos nos recintos esportivos que disponham de tais recursos.

Art. 11º – Esta lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Confracap é participação

Twitter & facebook

twitter

Facebook

Galeria Torcedor (a)