Confraria do Atlético

Giro Atlético Social "17.11.2016" por Doático Santos

E-mail Imprimir PDF

Chamada Geral - Associação dos Sócios do Clube Atlético Paranaense – Assocap, a exemplo do jogo contra o Cruzeiro, convoca as lideranças da comunidade atleticana a participarem da Chamada Geral pra lotar o Caldeirão, na partida diante do Sport, neste domingo (20). Através das redes sociais vamos espalhar por todo canto o convite ao  nosso torcedor: venha vibrar, vencer e comemorar na magia da Arena da Baixada.

Reunião da Assocap e confraternização de final de ano - Na próxima quarta-feira (23), 19h, em sala de reuniões do estádio Atlético Paranaense, a Assocap reúne a comissão organizadora da “Feijoada comemorativa do final de ano”, evento marcado para 10 de dezembro, sábado, 12h.  A participação nesta reunião da Assocap é aberta mediante confirmação através do e-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Já confirmados na comissão organizadora da confraternização de final de ano: Ênio Kavales, Valmir Nunes, Jacob Santos, Watson Sfair, Aurélio Franco, Willian Franco, Gilmar, Luiz Carlos Barbosa, Irene Sydorake, Edgar Galdino, Allisson Bichibichi, Olívio Batista, Rafael Cunali.

Aquece Caldeirão veio pra ficar
– Aprovado por todos (as), evento que recepciona a galera nos jogos do rubro-negro, tem nova edição neste domingo (20), quando nosso time enfrenta o Sport. Para quem chegar mais cedo, atrativos serão ainda melhores: portas do Setor 9 abrem às 12h, cinco horas antes da partida. A animação estará garantida com show ao vivo da bateria da torcida do Furacão, das 14h30 às 16h. Haverá também, brincadeiras para os pequenos rubro-negros e comercialização de chopp e lanches.

O acesso ao Setor 9, onde acontece o "Aquece Caldeirão”, custará R$ 5,00 para Sócios Furacão e torcedores com ingresso. O restante do público pagará R$ 10,00. O valor será revertido em cachê artístico para a bateria. O "Aquece Caldeirão" continuará dentro do estádio, com muitas interações com a torcida atleticana.

Novo xodó da nação atleticana - O atacante Lucas Fernandes, 22 anos, decididamente se firmou no Furacão e virou destaque no Campeonato Brasileiro. A principal qualidade do ponta-direita é o drible. Com suas jogadas individuais, virou o único jogador do Atlético a sofrer pênaltis no Brasileirão. Já foram três. Na última terça-feira, conquistou a penalidade convertida pelo volante Hernani, no empate em 1 a 1 com o Fluminense.

Entre os 20 times do Brasileirão, Lucas Fernandes é o segundo com mais pênaltis sofridos, empatado com o atacante Gabriel Jesus, do Palmeiras. O jogador do Atlético disputou 17 partidas na competição e o craque do clube paulista, 24. O líder desse ranking é o atacante Sassá, do Botafogo, com quatro penalidades sofridas nos 23 jogos que atuou.

 

Em campo, Lucas Fernandes é o jogador mais caçado do Atlético no Brasileirão, com 2,8 faltas sofridas por partida. É o 11º entre os 20 clubes da competição nesse quesito. O atacante também é o líder do time em assistências no Brasileirão, com cinco (quatro passes e um cruzamento). O segundo colocado nesse quesito é o lateral-direito Léo, com três assistências (todas em cruzamentos).

Lucas Fernandes é o jogador do Atlético que mais tenta driblar, com média de 3,4 por jogo no Brasileirão. O segundo colocado é Léo, com 2,1, e o terceiro é Nikão, com 2,0. Lucas Fernandes também quem mais acerta dribles, com média de 1,4 por partida, empatado com Nikão. Léo é o terceiro, acertando 1,0 por jogo.

Última atualização ( Qui, 17 de Novembro de 2016 14:45 )  

Santuário da Nação Rubro-Negra

Please wait while JT SlideShow is loading images...
Photo Title 1Photo Title 2Photo Title 3Photo Title 4Photo Title 5

Projeto de Lei de Iniciativa Popular “Libera Cerveja”



DISPÕE SOBRE A VENDA E O CONSUMO DE BEBIDAS NAS ARENAS DESPORTIVAS E ESTÁDIOS NO ÂMBITO DO ESTADO DO PARANÁ.

Art. 1º – Este projeto de lei tem por objetivo regular a venda e o consumo de bebidas nas arenas desportivas e estádios no âmbito do estado do Paraná.

Art. 2º – A comercialização de bebidas nas arenas desportivas e nos estádios localizados no Estado do Paraná será permitida desde a abertura dos portões para acesso do público ao estádio até o final da partida, assim entendido o momento do apito final do árbitro.

Art. 3º – A única bebida alcoólica que poderá ser vendida e consumida em recintos esportivos é a cerveja, sendo proibida a venda e o consumo de quaisquer outras espécies de bebidas alcoólicas, sejam elas destiladas ou fermentadas.

Art. 4º – A comercialização de bebidas nas arenas desportivas e nos estádios somente poderá ser realizada em copos plásticos ou garrafas plásticas, descartáveis, admitido o uso de copos promocionais de plástico ou de papel.

Art. 5º – Cabe ao responsável pela gestão do recinto esportivo definir os locais nos quais a comercialização e o consumo de bebidas serão permitidos.

Art. 6º – É vedada a entrada nas arenas desportivas e nos estádios de pessoas portando qualquer tipo de bebida.

Art. 7º – Fica proibida a venda e a entrega de bebidas alcoólicas, nos locais referidos nesta lei, a pessoas menores de 18 (dezoito), podendo os responsáveis responder civil e criminalmente nos termos da Lei Federal no 8.069, de 13 de julho de 1990, com as alterações da Lei Federal nº 13.106, de 17 de março de 2015.

Art. 8º – O descumprimento do disposto nesta Lei sujeita o infrator às seguintes penalidades, sem prejuízo da aplicação da Lei Federal nº 8.078, de 11 de setembro de 1990:

I – se consumidor, será advertido e retirado das dependências do recinto esportivo.

Art. 9º – Deverão ser colocados avisos em diversos setores das arenas desportivas ou estádios, com as seguintes mensagens: “Se beber não dirija, se dirigir não beba” e “É proibida a venda de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos.”

Art. 10º – As arenas desportivas ou estádios deverão veicular em sistema sonoro ou alto-falante, no mínimo 04 (quatro) vezes durante cada evento, as mensagens “Se beber não dirija, se dirigir não beba” e “ É proibida a venda de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos.”
Parágrafo único: Fica igualmente obrigada a divulgação das mensagens referidas no caput em telões ou letreiros luminosos nos recintos esportivos que disponham de tais recursos.

Art. 11º – Esta lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Confracap é participação

Twitter & facebook

twitter

Facebook

Galeria Torcedor (a)