Confraria do Atlético

Agora é o Sport; casa cheia na Baixada!!!

E-mail Imprimir PDF

Falta muito pouco para o Atlético coroar a temporada de 2016 conquistando vaga para a Libertadores.

O próximo jogo é neste domingo e tem caráter de decisão. A presença maciça da torcida atleticana é mais do que nunca fundamental. Vamos reeditar a chamada geral para lotarmos o nosso Caldeirão e por a tremer o adversário. Essa é a corrente nos dias que antecedem a partida: clima de Furacão!

Preços promocionais R$ 60,00 e R$ 30,00

Os ingressos para o jogo entre Atlético e Sport, pela 36ª rodada do Brasileirão, serão vendidos nas bilheterias da Arena da Baixada a partir desta quarta-feira. Eles custam R$ 60 (a inteira) e R$ 30 (a meia) O jogo está marcado para 17h (horário de Brasília) de domingo. A venda, que já ocorria pelo site do clube desde segunda-feira, será feita nas bilheterias do estádio, na Loja Mundo do Futebol e pelo Disk Ingressos (confira detalhes, como locais e horários, abaixo).

A meia-entrada é válida para estudantes, professores, idosos (a partir de 60 anos), doadores de sangue, menores (de 3 a 12 anos), jovens de baixa renda (com idade entre 15 e 29 anos e que pertence à família com renda mensal de até dois salários mínimos, inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal) e portadores de necessidades especiais e acompanhantes. E, para menores de três anos, a entrada é gratuita - é necessário apresentar documento de identificação na entrada do estádio.

Santos em dia de Weverton

O goleiro Santos viveu um dia de Weverton no empate do Atlético-PR com o Fluminense, terça-feira, no Maracanã. O substituto defendeu pênalti - um dos pontos fortes do titular - aos 46 minutos do segundo tempo, garantindo o placar de 1 a 1 em jogo válido pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com isso, o Furacão quebrou uma sequência de nove derrotas fora. O camisa 1 destacou a união do grupo. Ele, por exemplo, pôde "salvar" o zagueiro Paulo André, que cometeu o pênalti após dar bobeira na área já nos acréscimos da partida.

- Eu, graças a Deus, sou um cara super tranquilo, gosto muito do pessoal e o pessoal gosta muito de mim. No momento que precisa, a gente está ali para ajudar, né? Não tem essa de "não posso". Na hora que precisar, qualquer um deles está pronto para ajudar. No jogo, não é diferente, né? Aconteceu com o Paulo André. Ele fez o pênalti, mas estamos ali para um ajudar o outro - afirmou o jogador de 26 anos em entrevista coletiva após o jogo no Maracanã.

Autuori diz que seria injustiça perder

"Hoje, seria uma injustiça a equipe sair derrotada deste jogo. Gostei que a equipe jogou futebol. Eu pedi aos jogadores apenas lealdade do que fazemos no dia a dia. Fiquei bastante satisfeito por isso", avaliou o treinador, ponderando sobre o resultado final da partida. "Eu acho que a justiça em um resultado está expressa no marcador final, no placar", acrescentou.

O comandante rubro-negro acredita que o time poderia ter construído um resultado melhor ainda na primeira etapa, mas acabou tomando um gol que quase custou o ponto. "A única bola que o Fluminense teve no primeiro tempo, marcou gol. Tivemos algumas oportunidades, pelo menos três, que erramos tomadas de decisões", analisou.

Depois de questionar durante a semana se o Atlético-PR teria condições reais de entrar numa disputa de Libertadores da América, Autuori acredita que o futebol mostrado no Rio foi uma boa prévia do que o time poderia encontrar. "Este é um ambiente de Libertadores. Um estádio com muita gente. Um estádio como o Maracanã", concluiu.

Última atualização ( Qua, 16 de Novembro de 2016 12:18 )  

Santuário da Nação Rubro-Negra

Please wait while JT SlideShow is loading images...
Photo Title 1Photo Title 2Photo Title 3Photo Title 4Photo Title 5

Projeto de Lei de Iniciativa Popular “Libera Cerveja”



DISPÕE SOBRE A VENDA E O CONSUMO DE BEBIDAS NAS ARENAS DESPORTIVAS E ESTÁDIOS NO ÂMBITO DO ESTADO DO PARANÁ.

Art. 1º – Este projeto de lei tem por objetivo regular a venda e o consumo de bebidas nas arenas desportivas e estádios no âmbito do estado do Paraná.

Art. 2º – A comercialização de bebidas nas arenas desportivas e nos estádios localizados no Estado do Paraná será permitida desde a abertura dos portões para acesso do público ao estádio até o final da partida, assim entendido o momento do apito final do árbitro.

Art. 3º – A única bebida alcoólica que poderá ser vendida e consumida em recintos esportivos é a cerveja, sendo proibida a venda e o consumo de quaisquer outras espécies de bebidas alcoólicas, sejam elas destiladas ou fermentadas.

Art. 4º – A comercialização de bebidas nas arenas desportivas e nos estádios somente poderá ser realizada em copos plásticos ou garrafas plásticas, descartáveis, admitido o uso de copos promocionais de plástico ou de papel.

Art. 5º – Cabe ao responsável pela gestão do recinto esportivo definir os locais nos quais a comercialização e o consumo de bebidas serão permitidos.

Art. 6º – É vedada a entrada nas arenas desportivas e nos estádios de pessoas portando qualquer tipo de bebida.

Art. 7º – Fica proibida a venda e a entrega de bebidas alcoólicas, nos locais referidos nesta lei, a pessoas menores de 18 (dezoito), podendo os responsáveis responder civil e criminalmente nos termos da Lei Federal no 8.069, de 13 de julho de 1990, com as alterações da Lei Federal nº 13.106, de 17 de março de 2015.

Art. 8º – O descumprimento do disposto nesta Lei sujeita o infrator às seguintes penalidades, sem prejuízo da aplicação da Lei Federal nº 8.078, de 11 de setembro de 1990:

I – se consumidor, será advertido e retirado das dependências do recinto esportivo.

Art. 9º – Deverão ser colocados avisos em diversos setores das arenas desportivas ou estádios, com as seguintes mensagens: “Se beber não dirija, se dirigir não beba” e “É proibida a venda de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos.”

Art. 10º – As arenas desportivas ou estádios deverão veicular em sistema sonoro ou alto-falante, no mínimo 04 (quatro) vezes durante cada evento, as mensagens “Se beber não dirija, se dirigir não beba” e “ É proibida a venda de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos.”
Parágrafo único: Fica igualmente obrigada a divulgação das mensagens referidas no caput em telões ou letreiros luminosos nos recintos esportivos que disponham de tais recursos.

Art. 11º – Esta lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Confracap é participação

Twitter & facebook

twitter

Facebook

Galeria Torcedor (a)