Confraria do Atlético

Giro Atlético Social "12.11.2016" por Doático Santos

E-mail Imprimir PDF

Alteração de data da confraternização de final de ano da AssoCAP – Evento da Associação dos Sócios do Clube Atlético Paranaense, previsto inicialmente para o dia 12.12, foi antecipado para 10.12, sábado, às 12h, numa feijoada, animada com samba da melhor qualidade. Local será comunicado em breve. No cardápio, também a definição do rubro-negro que terá a outorga do troféu “El Paranaense”, por reconhecimento da comunidade atleticana.

Aquece Furacão - Amplamente aprovada pela torcida do Furacão, evento no setor 9 para a recepção da galera no jogo Atlético x Sport, está sendo planejado e deve ser anunciado nos próximos dias pela administração do Estádio Atlético Paranaense.

Réplica do troféu de Campeão do Brasil - Tem feito um enorme sucesso a foto dos torcedores que visitam a nossa Arena no Furacão, ao lado da réplica do troféu de Campeão Brasileiro, conquistado pelo Clube Atlético Paranaense, em 2001.

Tal réplica, em exposição no estádio, foi produzida pelo artista Holoassy Lins de Albuquerque, que criou o troféu da conquista de 2001. Em aço inoxidável, a taça tem 91 centímetros de altura. Eternizada na memória dos atleticanos no dia 23 de dezembro de 2001, em São Caetano do Sul (SP), o troféu reflete as mudanças que o país passava no início dos anos 2000, sem deixar de lado a tradição.

"Na época, a CBF encomendou um trabalho que fosse institucional. Uma forma nova, que não tivesse representação parecida no mundo e mostrasse a todos a mudança no Brasil. Mudança não só no futebol, mas também na indústria e na tecnologia", explicou Holoassy, em entrevista ao Site Oficial. "O Brasil não faz guerra, o Brasil joga futebol", completou.

Artista conta o significado da peça:

- "Se você olhar com mais atenção esta taça, verá que as duas partes, que estão encostadas uma na outra, são exatamente iguais. São dois oponentes que se confrontam", comentou. "Já se você olhar o troféu por cima, você verá o símbolo do infinito. Nunca um jogo é igual ao outro", acrescentou.

Doático Santos é conselheiro do Furacão e presidente da AssoCAP - Associação dos Sócios do Clube Atlético Paranaense

Última atualização ( Dom, 13 de Novembro de 2016 22:27 )  

Santuário da Nação Rubro-Negra

Please wait while JT SlideShow is loading images...
Photo Title 1Photo Title 2Photo Title 3Photo Title 4Photo Title 5

Projeto de Lei de Iniciativa Popular “Libera Cerveja”



DISPÕE SOBRE A VENDA E O CONSUMO DE BEBIDAS NAS ARENAS DESPORTIVAS E ESTÁDIOS NO ÂMBITO DO ESTADO DO PARANÁ.

Art. 1º – Este projeto de lei tem por objetivo regular a venda e o consumo de bebidas nas arenas desportivas e estádios no âmbito do estado do Paraná.

Art. 2º – A comercialização de bebidas nas arenas desportivas e nos estádios localizados no Estado do Paraná será permitida desde a abertura dos portões para acesso do público ao estádio até o final da partida, assim entendido o momento do apito final do árbitro.

Art. 3º – A única bebida alcoólica que poderá ser vendida e consumida em recintos esportivos é a cerveja, sendo proibida a venda e o consumo de quaisquer outras espécies de bebidas alcoólicas, sejam elas destiladas ou fermentadas.

Art. 4º – A comercialização de bebidas nas arenas desportivas e nos estádios somente poderá ser realizada em copos plásticos ou garrafas plásticas, descartáveis, admitido o uso de copos promocionais de plástico ou de papel.

Art. 5º – Cabe ao responsável pela gestão do recinto esportivo definir os locais nos quais a comercialização e o consumo de bebidas serão permitidos.

Art. 6º – É vedada a entrada nas arenas desportivas e nos estádios de pessoas portando qualquer tipo de bebida.

Art. 7º – Fica proibida a venda e a entrega de bebidas alcoólicas, nos locais referidos nesta lei, a pessoas menores de 18 (dezoito), podendo os responsáveis responder civil e criminalmente nos termos da Lei Federal no 8.069, de 13 de julho de 1990, com as alterações da Lei Federal nº 13.106, de 17 de março de 2015.

Art. 8º – O descumprimento do disposto nesta Lei sujeita o infrator às seguintes penalidades, sem prejuízo da aplicação da Lei Federal nº 8.078, de 11 de setembro de 1990:

I – se consumidor, será advertido e retirado das dependências do recinto esportivo.

Art. 9º – Deverão ser colocados avisos em diversos setores das arenas desportivas ou estádios, com as seguintes mensagens: “Se beber não dirija, se dirigir não beba” e “É proibida a venda de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos.”

Art. 10º – As arenas desportivas ou estádios deverão veicular em sistema sonoro ou alto-falante, no mínimo 04 (quatro) vezes durante cada evento, as mensagens “Se beber não dirija, se dirigir não beba” e “ É proibida a venda de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos.”
Parágrafo único: Fica igualmente obrigada a divulgação das mensagens referidas no caput em telões ou letreiros luminosos nos recintos esportivos que disponham de tais recursos.

Art. 11º – Esta lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Confracap é participação

Twitter & facebook

twitter

Facebook

Galeria Torcedor (a)