Confraria do Atlético

De volta às atualizações: #confrariadoatlético - 12.11

E-mail Imprimir PDF

Esporte Press
Gazeta Esportiva - Do correspondente Luiz Felipe Fagundes - Curiitba, PR


Santos volta ao Rio para substituir Weverton no Furacão

O Atlético Paranaense não poderá contar com o goleiro Weverton, que está com a seleção brasileira, no duelo diante do Fluminense, antecipado para terça-feira, pelo Campeonato Brasileiro. Quem ficará com a posição será Santos, que estreou cm a camisa do Furacão exatamente no Rio de Janeiro, em 2011, na ocasião diante do Botafogo.

Os desafios agora são novos. “Eu fiz a minha estreia lá, em um jogo difícil. Agora, retorno em outra situação. Estamos vivendo um momento extremamente importante para consolidarmos a vaga na Libertadores”, afirmou o jogador, projetando um duelo duro, mas confiante na manutenção da posição no G6. “Será uma partida muito difícil, contra uma equipe que também luta por essa vaga. Mas estamos preparados”, acrescentou.

Mesmo com o titular em grande fase, o goleiro rubro-negro acredita que a temporada tem sido muito boa para ele que, a cada oportunidade, tem mantido a confiança ganha com o técnico Paulo Autuori. “Para mim, tem sido um ano bom. Fiz mais partidas e correspondi bem. Espero, nesta nova oportunidade, dar sequência ao meu trabalho. Uma vitória será importante para os nossos objetivos na competição e lutaremos para isso”, avaliou.

Santos sabe das dificuldades do Furacão em vencer como visitante, mas acredita que com atenção e empenho desta vez pode ser diferente. “O empenho da nossa equipe tem sido fantástico. Então, temos que ter bastante atenção nesse jogo, para que possamos vencer também fora de casa. Com isso, permanecemos no G6 e chegamos mais próximos da vaga”, finalizou.




Última atualização ( Sáb, 12 de Novembro de 2016 05:19 )  

Santuário da Nação Rubro-Negra

Please wait while JT SlideShow is loading images...
Photo Title 1Photo Title 2Photo Title 3Photo Title 4Photo Title 5

Projeto de Lei de Iniciativa Popular “Libera Cerveja”



DISPÕE SOBRE A VENDA E O CONSUMO DE BEBIDAS NAS ARENAS DESPORTIVAS E ESTÁDIOS NO ÂMBITO DO ESTADO DO PARANÁ.

Art. 1º – Este projeto de lei tem por objetivo regular a venda e o consumo de bebidas nas arenas desportivas e estádios no âmbito do estado do Paraná.

Art. 2º – A comercialização de bebidas nas arenas desportivas e nos estádios localizados no Estado do Paraná será permitida desde a abertura dos portões para acesso do público ao estádio até o final da partida, assim entendido o momento do apito final do árbitro.

Art. 3º – A única bebida alcoólica que poderá ser vendida e consumida em recintos esportivos é a cerveja, sendo proibida a venda e o consumo de quaisquer outras espécies de bebidas alcoólicas, sejam elas destiladas ou fermentadas.

Art. 4º – A comercialização de bebidas nas arenas desportivas e nos estádios somente poderá ser realizada em copos plásticos ou garrafas plásticas, descartáveis, admitido o uso de copos promocionais de plástico ou de papel.

Art. 5º – Cabe ao responsável pela gestão do recinto esportivo definir os locais nos quais a comercialização e o consumo de bebidas serão permitidos.

Art. 6º – É vedada a entrada nas arenas desportivas e nos estádios de pessoas portando qualquer tipo de bebida.

Art. 7º – Fica proibida a venda e a entrega de bebidas alcoólicas, nos locais referidos nesta lei, a pessoas menores de 18 (dezoito), podendo os responsáveis responder civil e criminalmente nos termos da Lei Federal no 8.069, de 13 de julho de 1990, com as alterações da Lei Federal nº 13.106, de 17 de março de 2015.

Art. 8º – O descumprimento do disposto nesta Lei sujeita o infrator às seguintes penalidades, sem prejuízo da aplicação da Lei Federal nº 8.078, de 11 de setembro de 1990:

I – se consumidor, será advertido e retirado das dependências do recinto esportivo.

Art. 9º – Deverão ser colocados avisos em diversos setores das arenas desportivas ou estádios, com as seguintes mensagens: “Se beber não dirija, se dirigir não beba” e “É proibida a venda de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos.”

Art. 10º – As arenas desportivas ou estádios deverão veicular em sistema sonoro ou alto-falante, no mínimo 04 (quatro) vezes durante cada evento, as mensagens “Se beber não dirija, se dirigir não beba” e “ É proibida a venda de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos.”
Parágrafo único: Fica igualmente obrigada a divulgação das mensagens referidas no caput em telões ou letreiros luminosos nos recintos esportivos que disponham de tais recursos.

Art. 11º – Esta lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Confracap é participação

Twitter & facebook

twitter

Facebook

Galeria Torcedor (a)