Confraria do Atlético

E-mail Imprimir PDF

Final da Sul-Americana será maior festa da história do Atlético: "Casa Cheia e explosão vermelha e preta"

Enquanto o nosso time de guerra está focado na primeira partida da decisão na Colômbia,  a torcida rubro-negra incendeia as redes sociais. De um lado o torcedor combina onde verá o jogo, de outro o entusiasmo é pelo espetáculo da festa em nosso estádio, no dia 12/12.

Time de guerra na Colômbia

O treinador Tiago Nunes levou para embate de Barranquilla os seguintes atletas: 1) Bergson, 2) Bruno Guimarães, 3) Diego, 4) Felipe Alves, 5) Gabriel, 6) Jonathan, 7) Léo Pereira, 8) Lucho, 9) Marcelo Cirino, 10) Marcinho, 11) Márcio Azevedo, 12) Matheus Rossetto, 13) Nikão, 14) Pablo, 15) Paulo André, 16) Raphael Veiga, , 7) Renan Lodi, 18) Rony, 19) Santos, 20) Thiago Heleno, 21) Wanderson

Ver o jogo no teão do Volken Bar

Nesta quarta (5), partir das 20h, a Assocap – Associação dos Sócios do Clube Atlético Paranaense convida para a concentração rubro-negra para ver o jogo que começa no horário das 22:45, horário de Brasília. Aqueles que desejarem participar devem confirmar presença através de e-mail e watsapp.

Leia mais...
Última atualização ( Seg, 03 de Dezembro de 2018 23:23 )
 
E-mail Imprimir PDF

Resenha na hora na Baixada - Vitória do Furacão em cima do Galo e a 'boa repercussão' na mídia nacional


Jornal Lance

Atlético-PR suporta pressão e vence o xará mineiro na Arena da Baixada
Furacão contou com gol de Douglas Coutinho para assegurar vitória. Galo perde a primeira no Brasileiro. O Atlético-PR venceu o Atlético-MG, por 1 a 0, na tarde deste domingo, na Arena da Baixada, em Curitiba. O atacante Douglas Coutinho foi o responsável por balançar a rede de Victor e assegurar o triunfo do time mandante na partida válida pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Furacão chega à quarta colocação, com seis pontos, enquanto o Galo fica na sétima posição, com os mesmos quatro pontos que iniciou a rodada.

Gazeta Esportiva
Furacão mostra mais eficiência que Galo e vence na Arena da Baixada
O torcedor que foi até a Arena da Baixada neste domingo, para acompanhar o duelo dos Atléticos viu um bom jogo das duas equipes. O Furacão teve dificuldades durante a partida, mas foi mais eficiente na hora de concluir as jogadas e faturou os três pontos com um triunfo por 1 a 0, o segundo dos paranaenses no Brasileiro.

O gol da partida foi anotado por Douglas Coutinho, que completou cruzamento de Nikão. O Atlético-MG chegou a ter o domínio da partida, mas falhou nas finalizações e foi castigado com o revés e com a possibilidade de brigar pela liderança. O Furacão chegou aos seis pontos, deixando os mineiros estacionados com quatro pontos na tabela do Brasileiro.

Na sequência do Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG terá compromisso contra o Vasco, jogo marcado para o próximo domingo, na estreia atleticana na competição jogando no Independência. Já Furacão terá um dia a menos de preparação até o duelo contra o Joinville na Arena Joinville.

Jornal O Estado de São Paulo
Com gol de Douglas Coutinho, Atlético-PR ganha do xará mineiro
Na Arena da Baixada, donos da casa seguram pressão para vencer. O Atlético Paranaense soube suportar o maior volume de jogo do Atlético Mineiro e apoiado por sua torcida, na Arena da Baixada, em Curitiba, venceu por 1 a 0 - com gol de Douglas Coutinho, aos 39 minutos do primeiro tempo -, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time do Paraná chegou aos seis pontos, perto dos primeiros colocados na tabela de classificação, enquanto que a equipe de Belo Horizonte permanece com 4, em posição intermediária.

O técnico Milton Mendes surpreendeu com a entrada de Nikão na vaga de Marco Damasceno, o que deixaria o Atlético Paranaense mais ofensivo. Apesar disso, o Atlético Mineiro pressionava mais. Em um lance de perigo, Lucas Pratto fez bonita jogada e exigiu uma bonita defesa de Weverton.

O time mineiro dominava as ações, mas a defesa paranaense conseguia fazer uma barreira eficiente. Aos 39 minutos, porém, Nikão foi à linha de fundo e cruzou para Douglas Coutinho apenas empurrar para as redes e marcar seu primeiro gol. Na segunda etapa, o Atlético Mineiro manteve o mesmo ritmo ofensivo e, com cinco minutos, Luan recebeu pela direita e tentou encobrir Weverton, mas a bola foi para fora.

No final, o centroavante Walter acabou expulso por reclamações e a pressão mineira aumentou ainda mais. Só que, com o time mais recuado, os paranaenses seguraram a vitória. Dátolo, na saída de campo, reclamou do resultado. "Fomos mais ofensivos, procuramos o gol e eles ficaram atrás, fechados, e acharam um gol", criticou.

Fox Sports
Felipe celebra triunfo em casa, mas exalta poderio ofensivo do Galo
Meio-campista não gostou que o Atlético-PR tenha sofrido pressão do Atlético-MG na vitória por 1 a 0, na Arena da Baixada. Tentando se recuperar de um início de temporada bem abaixo do esperado, o Atlético-PR fez o dever de casa e venceu o xará de Minas Gerais por 1 a 0 na tarde deste domingo, na Arena da Baixada. O gol foi marcado por Douglas Coutinho. Apesar da vitória, o Furacão foi pressionado pelos visitantes, que tiveram uma postura agressiva e só não arrancaram o empate devido à boa atuação do goleiro Weverton.

“A gente sabia que ia ser muito difícil. O Galo se movimentou, foi muito ofensivo, sempre atacando. No contra ataque, esperamos a bola e fomos felizes ali na chegada do Nikão, que apareceu e fez o passe para o Douglas Coutinho. O importante é vencer em casa e conquistar os três pontos”, afirmou o meia Felipe após o duelo.

Ter uma boa campanha no Campeonato Brasileiro é questão de honra para os atleticanos de Curitiba. No Paranaense, o Rubro-Negro não só passou longe do título, como precisou lutar contra o rebaixamento. Já na Copa do Brasil, a equipe foi eliminada na segunda rodada pelo Tupi-MG.

Leia mais...
Última atualização ( Seg, 25 de Maio de 2015 08:31 )
 
E-mail Imprimir PDF

Reunião da Assocap para impulsionar a chamada geral dos atleticanos, é nesta quarta-feira (26), 19h

Plenária rubro-negra será no hotel Caravelle, sala Roma, sito à rua Cruz Machado, 282, centro. Reunião é aberta à participação de torcedores do CAP.

Prezados (as),

A Assocap - Associação dos Sócios do Clube Atlético Paranaense, está promovendo a Chamada Geral da Torcida Atleticana para o jogo diante do Cruzeiro.  Entramos na reta final do Campeonato Brasileiro e queremos ver nosso rubro-negro confirmado no G6 e consequentemente com o direito de disputar a Libertadores do próximo ano. A posição do Atlético na tabela e o quadro de jogos a serem disputados, nos dão clara condição de obter essa conquista. Isto representa a presença do time no torneio mais importante do continente, no ano vindouro.

Por isso, jogar com a casa cheia é altamente importante para o Furacão, além de incentivar os nossos jogadores, desestabiliza o adversário. E mais, vitória no embate deste sábado, fortalece nossa posição na classificação, revigora auto estima do plantel e nos possibilita avançar em direção a novos resultados positivos em compromissos que temos pela frente.  Atleticano (a) participe desta jornada. Casa cheia e Caldeirão fervendo: esta é a contribuição da comunidade rubro-negra paranaense ao Furacão que é a nossa paixão. Dá-lhe!

Entre nesta corrente, convidando amigos, conhecidos e parentes para a vibração que envolverá  nossa Arena neste sábado.

Última atualização ( Ter, 25 de Outubro de 2016 22:10 )
 
E-mail Imprimir PDF

Casa cheia e explosão vermelha e preta na Baixada

Presença do Furacão na decisão do título de torneio internacional, agita a torcida e desperta interesse de olheiros em promessas do rubro-negro. Mercado europeu aquece para Bruno Guimarães com agentes de peso por trás. Jovem volante do Atlético-PR tem agora Giuliano Bertolucci e Kia Joorabchian como novos representantes. Enquanto nas redes sociais o frisson é pela aquisição de ingressos para a grande final na Baixada, investidores pesados entram em cena.

Destaque do Atlético Paranaense na atual temporada, Bruno Guimarães vê crescer a chance de ser negociado com o futebol europeu no mercado de inverno, principalmente porque agora também é agenciado por Giuliano Bertolucci, que, vale lembrar, tem Kia Joorabchian como sócio. Até o primeiro semestre, o volante de 21 anos estava nas mãos apenas de Alexis Malavolta, que, segundo o Blog Ora Bolas apurou, depois da Copa do Mundo da Rússia fechou uma parceria com a dupla que atua com força no Velho Continente, principalmente na Inglaterra e em Portugal.

Leia mais...

 
E-mail Imprimir PDF

Weverton é o goleiro mais exigido do Brasileirão 2014.

Camisa um do Atlético lidera o ranking de defesas, com 3,8 por partida. O melhor da competição, porém, é Danilo

Weverton: contrato renovado até maio de 2017 (foto: Valquir Aureliano)

Weverton é o goleiro mais exigido do Campeonato Brasileiro. Ele tem média de 3,8 defesas por jogo, segundo dados do site inglês WhoScored. O jogador do Atlético fica à frente de Jefferson, do Botafogo e da seleção brasileiro, segundo colocado nesse ranking, com 3,7. Quem menos trabalhou na competição foi Dida, com 2,1 defesas por rodada.

Considerando o grau de dificuldade, Weverton também se destaca. Ele é o goleiro com mais defesas em finalizações da pequena área – com média de 0,4 por jogo – e também da grande área – com média de 2,2 por partida. Só não aparece entre os primeiros nas defesas de chutes de fora da área: tem apenas 1,2 por jogo, ficando em 15º nesse ranking. O melhor nesse quesito é Marcelo Lomba, do Bahia, com 2,1 por partida.
No total, Weverton é o sétimo melhor goleiro do Brasileirão, segundo o WhoScored, que usa mais de 200 estatísticas para atribuir uma nota a cada jogo para todos os jogadores. Nesse ranking de notas, o melhor é Danilo, da Chapecoense, com média 7,19. Weverton tem 6,98. Esse sistema do inglês WhoScored, que acompanha os 10 principais campeonatos do mundo, já mostrou sua eficácia. No último Campeonato Espanhol (temporada 2013/2014), o melhor goleiro foi Keylor Navas, do Levante, com média 7,23. Destaque da Costa Rica na Copa do Mundo de 2014, acabou contratado pelo Real Madrid em julho.
Uma estatística que derruba a nota de Weverton é a reposição de bola. Ele é quem mais erra lançamentos no Brasileirão, com média de 14 por jogo. O melhor nesse item é Rogério Ceni, do São Paulo, com 9,6 lançamentos certos por partida e 9,7 errados. O goleiro do Atlético acerta apenas 5,8 por jogo.
O fator disciplina também pesa contra Weverton, que já levou quatro cartões amarelos. É o goleiro mais indisciplinado do Brasileirão, empatado com Victor, do Atlético-MG.
Dia 15/10, Weverton renovou contrato com o Atlético, ampliando o vínculo até maio de 2017. Ele chegou ao clube em maio de 2012 e soma 127 partidas com a camisa rubro-negra.

Na Arena

Herói por um dia
O torcedor Alceu do Rosário, de 72 anos, foi salvo de agressões pelo goleiro Weverton. Ele estava na Arena da Baixada, no último domingo, vestindo uma camisa verde. Por ser a cor do rival Coritiba, alguns torcedores começaram a ameaçá-lo. Weverton fazia o aquecimento no gramado, antes da partida, e viu a cena. Ele deu sua camisa de treino para Alceu e evitou uma confusão. O episódio foi relatado pelo site oficial do Atlético.

Fonte: Bem Paraná

Publicidade
0 Comentário
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Música
Cordas, Gonzaga e Afins com Elba Ramalho
O projeto pernambucano Cordas, Gonzaga e Afins chega…
Teatro
A Bela e a Fera
A peça faz parte do V Pequeno Grande…
Última atualização ( Sáb, 08 de Novembro de 2014 17:21 )
 
Página 1 de 562

Santuário da Nação Rubro-Negra

Please wait while JT SlideShow is loading images...
Photo Title 1Photo Title 2Photo Title 3Photo Title 4Photo Title 5

Projeto de Lei de Iniciativa Popular “Libera Cerveja”



DISPÕE SOBRE A VENDA E O CONSUMO DE BEBIDAS NAS ARENAS DESPORTIVAS E ESTÁDIOS NO ÂMBITO DO ESTADO DO PARANÁ.

Art. 1º – Este projeto de lei tem por objetivo regular a venda e o consumo de bebidas nas arenas desportivas e estádios no âmbito do estado do Paraná.

Art. 2º – A comercialização de bebidas nas arenas desportivas e nos estádios localizados no Estado do Paraná será permitida desde a abertura dos portões para acesso do público ao estádio até o final da partida, assim entendido o momento do apito final do árbitro.

Art. 3º – A única bebida alcoólica que poderá ser vendida e consumida em recintos esportivos é a cerveja, sendo proibida a venda e o consumo de quaisquer outras espécies de bebidas alcoólicas, sejam elas destiladas ou fermentadas.

Art. 4º – A comercialização de bebidas nas arenas desportivas e nos estádios somente poderá ser realizada em copos plásticos ou garrafas plásticas, descartáveis, admitido o uso de copos promocionais de plástico ou de papel.

Art. 5º – Cabe ao responsável pela gestão do recinto esportivo definir os locais nos quais a comercialização e o consumo de bebidas serão permitidos.

Art. 6º – É vedada a entrada nas arenas desportivas e nos estádios de pessoas portando qualquer tipo de bebida.

Art. 7º – Fica proibida a venda e a entrega de bebidas alcoólicas, nos locais referidos nesta lei, a pessoas menores de 18 (dezoito), podendo os responsáveis responder civil e criminalmente nos termos da Lei Federal no 8.069, de 13 de julho de 1990, com as alterações da Lei Federal nº 13.106, de 17 de março de 2015.

Art. 8º – O descumprimento do disposto nesta Lei sujeita o infrator às seguintes penalidades, sem prejuízo da aplicação da Lei Federal nº 8.078, de 11 de setembro de 1990:

I – se consumidor, será advertido e retirado das dependências do recinto esportivo.

Art. 9º – Deverão ser colocados avisos em diversos setores das arenas desportivas ou estádios, com as seguintes mensagens: “Se beber não dirija, se dirigir não beba” e “É proibida a venda de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos.”

Art. 10º – As arenas desportivas ou estádios deverão veicular em sistema sonoro ou alto-falante, no mínimo 04 (quatro) vezes durante cada evento, as mensagens “Se beber não dirija, se dirigir não beba” e “ É proibida a venda de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos.”
Parágrafo único: Fica igualmente obrigada a divulgação das mensagens referidas no caput em telões ou letreiros luminosos nos recintos esportivos que disponham de tais recursos.

Art. 11º – Esta lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Confracap é participação

Twitter & facebook

twitter

Facebook

Galeria Torcedor (a)